Press "Enter" to skip to content

SpaceX não moveu satélite da Starlink porque não soube do problema da ESA

A notícia chegou no início da semana e mostrou o problema que poderia ter acontecido com o satélite Aeolus da ESA. Este teve de ver a sua rota alterada para não colidir com outro satélite da Starlink.

A informação existente na altura mostrou que a SpaceX se recusou a mudar a rota do seu satélite. O que não se soube, apesar de ser especulado, foram as razões para essa decisão. Agora, com mais informação, a SpaceX revelou a verdadeira razão desta decisão.

Um grande problema nas mãos da ESA

Esta foi uma situação complicada para a ESA. A probabilidade de colisão entre 2 satélites era grande e afetava uma das suas ferramentas usadas nos seus estudos. O risco calculado era elevado e, por isso, foi necessário tomar uma decisão rápida.

Contra uma resposta negativa da SpaceX a ESA foi obrigada a adaptar-se e alterou a órbita do Aeolus. Tudo mostrava que a empresa se estaria a desresponsabilizar, ao tomar esta ação.

Muitos especularam razões e mostraram que os satélites da Starlink estão preparados para evitar outros.

 

A SpaceX não recebeu informações corretas

Agora, com mais dados, a SpaceX veio a público revelar as verdadeiras razões. Tudo parece ter estado num problema de comunicação, com a empresa a não ter tido conhecimento do problema.

A probabilidade do choque entre os satélites estava em 1/50 mil a 28 de agosto, na última comunicação entre a ESA e a SpaceX.

Com o passar dos dias esta passou para 1/1000, o valor mínimo considerado seguro. Foi aí que a ESA agiu. O que a SpaceX alega é que uma falha no software de comunicação não revelou esta mudança. Assim, não terá sido recebida a informação certa pela Força Aérea dos EUA.

Por sorte o satélite da ESA não chocou com o da Starlink

Com a informação incompleta e errada, o operador da SpaceX acabou posteriormente por decidir em não mudar a posição do satélite da Starlink.

Claro que uma investigação está já a ser feita, para determinar as causas e corrigi-las, a fim de evitar problemas no futuro.

Esta é, acima de tudo, uma prova da falta de regulação que existe neste campo. Com cada vez mais empresas a querer ocupar este espaço, existem também cada vez mais probabilidades de problemas graves.

Lydia Womack Author
News Reporter At The CMYK Digest

Lydia completed the Bachelor of Science Degree in Astrophysics and recently joined the CMYK Digest platform. Although she is new in the field of writing, she has already become a favorite of her seniors due to her quick-learning abilities and extraordinary performance last year. Lydia has a tremendous interest in various space-related events and never gets bored to cover satellite launch news along with regular updates on the same. She also shows interest in writing various advancements in defense systems. The supremacy in her writing will never let you know that she has entered in this field just 2 years ago.

Be First to Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *